Histórico do curso

O corpo docente do mestrado proposto está lotado no Departamento de Fonoaudiologia da UFSC. O curso de Fonoaudiologia completou dez anos em abril de 2019. O projeto desse curso possui uma característica modular tendo como eixo norteador a Saúde Coletiva. Passados 10 anos da criação do curso de graduação, o Departamento de Fonoaudiologia, agora com maior maturidade e tendo realizado trabalhos de pesquisas coletivos, compreende e aprova a relevância da criação do Programa de Pós-Graduação específico da área. A elaboração do projeto surgiu a partir de duas situações: a) a solicitação de implantação do curso de Pós-Graduação em Fonoaudiologia pelo Centro de Ciências da Saúde; b) o ingresso no Curso de Fonoaudiologia de docentes com perfil de pesquisador, alguns deles, inclusive, integrantes de outros programas de Pós-Graduação na UFSC.

A proposta do Mestrado Acadêmico em Fonoaudiologia buscou dar continuidade a uma visão modular e integrativa da graduação, tendo como eixo central a atenção à saúde. Desta forma, tem como área de concentração, Fonoaudiologia na atenção à saúde) e as linhas de pesquisa: Fonoaudiologia na Atenção Primária à Saúde e Fonoaudiologia na Atenção à Saúde de Média e Alta Complexidade. A grade curricular do Programa legitima o caráter inovador dessa proposta que busca compreender não apenas a doença, mas o indivíduo em sua singularidade, bem como o aprofundamento teórico/científico fonoaudiológico integrado, junto aos sistemas de educação e saúde.

Esta proposta afasta-se também de uma visão biomédica e se aproxima a uma visão biopsicossocial. Nesse viés, o conceito de saúde e fonoaudiologia extrapola a visão de doente e de “doença”, para ampliar suas práticas voltadas às pessoas inseridas em um meio sociocultural. Este pensamento nos permite ultrapassar uma concepção fragmentada da fonoaudiologia para legitimar o conceito de integralidade. É nesse âmbito que se busca caminhos interpretativos para que se possa compreender e avançar nos referenciais teóricos adotados voltados ao conhecimento aplicado de atenção à saúde baseada em evidências e construída a partir de uma concepção de saúde integral e interdisciplinar no trabalho fonoaudiológico.

A grade de disciplinas básicas proposta, além de propiciar a formação em pesquisa científica, promove o desenvolvimento de reflexões teóricas/científicas diretamente relacionadas com sua prática, promovendo um “saber reflexivo” importante na formação, visando pesquisas que formem o aluno também no seu caráter ético e político. É desta forma também que o conhecimento epistemológico sobre o fazer fonoaudiológico e atuação em saúde, juntamente com as demais disciplinas vinculadas ao eixo formativo obrigatório, oferecem ao aluno uma base sólida para sua preparação à docência, à pesquisa acadêmica ou clínica/institucional.

Ressalte-se que este curso apresenta eixo curricular modular e integrativo entre as áreas de fonoaudiologia, privilegiando a saúde coletiva e a atenção à saúde nos diferentes ciclos de vida e nos níveis de atenção à saúde. Desta forma, permite ao aluno um aprofundamento teórico-prático que está em consonância com a grade curricular do Mestrado em Fonoaudiologia. Acrescenta-se ainda que, nos últimos anos, tem-se observado aumento gradual na contratação de profissionais fonoaudiólogos em serviços de saúde e educação, no entanto, atualmente no Brasil, não existe nenhum mestrado acadêmico em Fonoaudiologia que apresente uma grade de disciplinas voltadas ao aprofundamento teórico e bases epistemológicas. Nesse sentido, o Mestrado em Fonoaudiologia da UFSC torna-se pioneiro em apresentar avanços nas diversas áreas da fonoaudiologia e ainda em correlacionar pesquisas clínicas e teóricas, a partir de um pensamento integrador entre as principais diretrizes de saúde e educação.